quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Começou a guerra!

Após quatro anos desde a sua última participação, o Corinthians está de volta a Libertadores.
No papel, é um tempo relativamente longo e de difícil espera para o torcedor.
Mas não é NADA quando comparado a expectativa que se criou após o clube conquistar a sua terceira Copa do Brasil, no ano passado.

Sob as promessas de um lindo centenário neste 2010, e sobretudo, com a conquista do torneio sul-americano.

Muita gente já sabe: Corinthians e Libertadores sempre formam uma combinação tensa e de lances inacreditáveis. E na estréia de ontem contra o Racing (URU) não demorou menos de um minuto para se perceber isto, quando o atacante Cauteruccio abriu o placar para os visitantes.
Um roteiro idêntico ao jogo contra o CRB em 2008, quando o alvinegro começou a sua luta na Série B. Era o começo mais inesperado da vida corinthiana nesse torneio. Mas que teria um final feliz mais tarde.

Após sofrer o gol, o Corinthians tornou-se um time muito nervoso e afobado em campo, até mesmo por parte dos jogadores mais experientes, como o lateral Roberto Carlos. E os uruguaios armaram uma tremenda retranca, algo que é bem típico das equpes sulamericanas quando vão jogar no Brasil.

Só um lance de gênio quebraria o ferrolho dos visitantes. E ele veio aos dez minutos, quando Ronaldo achou Tcheco na meia-lua. Entre três marcadores, o meia deu um passe de letra para o volante Elias, que só tocou na saída do goleiro: 1 a 1
Precisando passar genialidade, o Fenômeno ainda criou mais duas chances ao longo do primeiro tempo, mas com sua qualidade individual. Era o jeito...

Voltando do intervalo, Mano colocou Souza no lugar do meia Defederico, apagado. O time passou a jogar com dois centroavantes, sendo que Ronaldo - que é mais habilidoso - voltava pra ajudar na armação de jogadas.
Deste modo a pressão corinthiana aumentou e, com a expulsão de Flores, tornou-se ainda pior.

Quis o destino que o tão desajeitado e criticado Souza fizesse uma bela jogada de pivô, e achasse novamente Elias na área, que fez o segundo, virando o jogo. Acabou-se a tensão!
E assim, o Corinthians trabalhou a bola de forma mais calma e criou mais algumas chances de ampliar o placar. 
Sem êxito, a não ser pelos três pontos obtidos.

No meio destes ingredientes, o alvinegro começa a saciar sua fome. Bem aos poucos, é claro, visto que a caminhada para a final - no dia 18 de Agosto, provavelmente - é muito longa.
E este primeiro jogo já dá as dicas de como será disputada a Libertadores.

Por isso armem seu espírito, corinthianos! Contra tudo e contra todos, neste centenário.
Mais do que nunca, é guerra.

VAI CORINTHIANS!

Reinaldo Vieira

6 comentários:

Bikelando disse...

Como uma boa corinthiana que sou eu não posso deixar de falar como a Libertadores me deixa tensa! E já basta que todo o mundo diz que nem adianta a gente tentar que o Timão não ganha libertadores ... esse ano estamos aqui na maior torcida pra provar que o todo mundo tá errado!
Vai Corinthians!! :D

25 de fevereiro de 2010 23:46
Rejan disse...

Embora não seja muito um fanatico por futebol, esse blog tem tudo pra dar certo. Sucesso (:

http://hell-boyy.blogspot.com/

25 de fevereiro de 2010 23:47
BLOGUEIRO EXECUTIVO disse...

Cada vez mais os blogueiros tem ganho um estilo de jornalistas, bem escritos e bem estruturados suas matérias, parabéns!

26 de fevereiro de 2010 00:16
Amanda disse...

não, quase neem morri com o jogo ontem
hahahaha!
poco féraaa

ceeeeeeeeeeeeeeerteza que entramos numa guerra, antes se já nao basta os times daqui, certeza que o resto da america do sul estao contra agente. HUEHUEEHUEHUE

mas venceremos, assim espero, e de cabeça erguida! *--*

emoção sem igual!
VAI CORINTHIANS

beeijoo rê

26 de fevereiro de 2010 00:22
Calvin disse...

Achei uma péssima estréia pro Corinthians,ainda mais se levar em consideração a expectativa criada e o elenco formado,lembrando ainda que teoricamente esse é o adversário mais fraco do grupo...Mas a Libertadores é uma na fase de grupos e outra na fase de mata mata e não consigo imaginar o Corinthians não passando a próxima,então,tudo pode acontecer.

26 de fevereiro de 2010 02:26
refuas disse...

Fala Naldera..

po cara... vou te falar que eu sofri também, viu... nem deu pra comemorar a entrada do nosso timão e já levamos um gol.. rs

mas deu tudo certo, graças a Deus!
é sempre assim, sem sofrimento não tem graça xD

parabéns pelo blog, muito 10.
continue assim!

abraço!!!

26 de fevereiro de 2010 17:56